O blogue das birrinhas da Ritinha. Umas melhores, outras piores. Como tudo na vida.

.birrinhas recentes

. ...

. O humanista que não o é t...

. ...

. ...

. Absolute beginner

. Sopas decide morrer

. Do jornalismo de Merda

. ...

. ...

. Carta aberta a um dux

. ...

. ...

. ...

. Vou ali dar um swap....

. ...

. ...

. ...

. Quando o nosso maior inim...

. De bestas a bestiais ou d...

. ....e porque ontem foi di...

. ...

. ...

. ...

. ...

. Desabafos de fim de tarde

Youniverse Personality TestYouniverse Personality Test

.favorito

. Ontem foi dia de sentir, ...

.Junho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Fazer olhinhos


adopt your own virtual pet!

adopt your own virtual pet!
blogs SAPO

.subscrever feeds

Sábado, 29 de Novembro de 2008

...

SÓ CINCO MIL PROFESSORES EM LISBOA

 

«Cerca de cinco mil professores voltaram ontem à rua para se manifestarem contra o modelo de avaliação dos docentes. Não é único motivo de luta, mas é aquele que mais unanimidade causa entre os manifestantes. "Queremos um modelo que incida na parte pedagógica e não na parte burocrática", esclareceu Sílvia Ribeiro, professora da Escola Secundária António Sérgio, no Cacém.» [Diário de Notícias]

Parecer:

Para além do número ser duvidoso (já ouvi falar de números mais baixos e estou convencido de que a CGTPCP contribuiu com muitos figurantes) começa-se a duvidar da grande mobilização.

Despacho do Director-Geral do Palheiro: «Avance-se com as reformas dialogando com os professores que quiserem dialogar.»

 

retirado do blogue O jumento


publicado por lindjona às 00:06

link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 25 de Novembro de 2008

...

Manual de guerrilha urbana [1]

 E-mail a circular entre os professores (reproduzido da caixa de comentários deste post):

«Dar à Sra. Ministra um pouco do seu veneno...

Colegas,

A está a pôr à prova a nossa união. Como devem saber, já começámos a receber as indicações para utilizar a aplicação informática on-line para mandar os objectivos individuais.

Eu sou amigo de um dos engenheiros informáticos que criaram esta aplicação naquela altura [Governo PSD/CDS] que houve problemas com os concursos. Lembram-se?

Então, é assim: podemos devolver o presente envenenado à Sra. Ministra. Como?

Simplesmente bloqueando a aplicação. E para isso basta introduzir três vezes a password de forma errada. Se todos o fizermos, o ME fica com um problema: 140 000 aplicações bloqueadas. Bloqueadas para a avaliação, para os concursos, para tudo... Para melhorar a situação, os engenheiros informáticos que criaram a aplicação já não trabalham para o ME.

No meu agrupamento, vamos fazê-lo todos juntos. Vamos ligar um computador à net no bar e um por um, com os outros como testemunhas, vamos bloquear a nossa aplicação.

Passem este esta informação, via e-mail e, se entenderem fazê-lo, melhor. Vamos dar à Sra. Ministra um pouco do seu veneno.

Continuemos unidos e ninguém nos vencerá. Vamos vencer a ditadura.»

    retirado do blogue Câmara Corporativa

 

sinto-me: envergonhada

publicado por lindjona às 01:49

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Domingo, 23 de Novembro de 2008

...

Agenda da próxima semana

Os professores estarão, na próxima semana, em protesto nacional, descentralizado pelas capitais de distrito:
    25 de Novembro - Norte;
    26 de Novembro - Centro;
    27 de Novembro - Grande Lisboa;
    28 de Novembro - Sul.

O corolário de toda esta mobilização é, naturalmente, o início, no dia 29 de Novembro, do XVIII Congresso do PCP.

retirado do blogue Câmara Corporativa

sinto-me:

publicado por lindjona às 23:42

link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 22 de Novembro de 2008

...

Descobri hoje este blogue. Se me é permitida a ousadia, aconselho a sua leitura.

 

 

sinto-me:

publicado por lindjona às 14:29

link do post | comentar | favorito
|

...

A MINISTRA, OS SINDICATOS E A AVALIAÇÃO

Deve ser a terceira vez que repito a anedota neste espaço, mas não resisto a fazê-lo a propósito das posições assumidas pelos sindicatos dos professores em relação à avaliação. Aqui vai.

O compadre que estava no quarto do bordel com duas meninas foi surpreendido por uma rusga, questionadas pela polícia uma das meninas justificou-se dizendo que era manicura, a outra explicou que era cabeleireira. Foi quando o nosso compadre exclamou "querem ver que a prostituta sou eu?".

No outro dia ouvi o líder da FENPROF assegurar que nem lhe passa pela cabeça que não haja avaliação, hoje ouço o líder da UGT assegurar que os sindicatos sempre foram a favor da avaliação. Perante tanto sindicalista a defender a avaliação começo a pensar que é a ministra da Educação que está contra a avaliação.

Enfim, não há limites para a hipocrisia e para a falta de honestidade intelectual?

 

retirado do blogue O Jumento

sinto-me:

publicado por lindjona às 14:20

link do post | comentar | favorito
|

Tom Cruise - 25 anos de cinema

sinto-me:

publicado por lindjona às 13:58

link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 21 de Novembro de 2008

Ainda a avaliação dos professores

Fernanda Câncio no DN de hoje, Gostar dos miúdos

                        Máquina especulativa, Recuo


publicado por lindjona às 22:42

link do post | comentar | favorito
|

Pareceu-me importante referir........

José Oliveira e Costa é o primeiro banqueiro da história portuguesa a ser detido e a sofrer a medida de coação máxima.

sinto-me:

publicado por lindjona às 22:09

link do post | comentar | favorito
|

Mais vale tarde que nunca

No programa Opinião Pública da Sic notícias o tema é a avaliação dos professores.

Há neste momento professores que telefonam para o programa e dizem, preto no branco,  que o objectivo dos sindicatos parece ser provocar a queda da ministra da educação, para depois provocar a queda do próprio PM e , consequentemente, do governo. É, portanto, um objectivo meramente político. Começam a sentir-se enganados estes professores.

A mim, que também sou professora, nunca me enganaram! Nem a mim, nem à população em geral.

Como dizia ontem um boneco no programa Os Contemporâneos: se não gostas do PS manda um SMS!!!

 

 

 


publicado por lindjona às 12:03

link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 20 de Novembro de 2008

Não resisti......

retirado do blogue O Jumento

 

sinto-me: perdida de riso

publicado por lindjona às 23:39

link do post | comentar | favorito
|

E ainda a avaliação dos professores.....................

 Nicolau Santos, A Fenprof manipula e Mário Nogueira não é sério


publicado por lindjona às 14:42

link do post | comentar | favorito
|

...

José Saramago destaca Gonçalo M. Tavares na nova geração de escritores

 

tavares.jpg


publicado por lindjona às 14:19

link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 18 de Novembro de 2008

Coitada da senhora.............

aqui tinha dado um tiro no melro. Agora foi um tiro no próprio pé.

 

sinto-me:

publicado por lindjona às 23:47

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Segunda-feira, 17 de Novembro de 2008

Será difícil perceber???

Artigo 18.º
Faltas
1 — A falta é a ausência do aluno a uma aula ou a outra actividade de frequência obrigatória, ou facultativa caso tenha havido lugar a inscrição.
2 — Decorrendo as aulas em tempos consecutivos, há tantas faltas quantos os tempos de ausência do aluno.
3 — As faltas são registadas pelo professor ou pelo director de turma em suportes administrativos adequados.
Artigo 22.º
Efeitos das faltas
1 — Verificada a existência de faltas dos alunos, a escola pode promover a aplicação da medida ou medidas correctivas previstas no artigo 26.º que se mostrem adequadas, considerando igualmente o que estiver contemplado no regulamento interno.
2 — Sempre que um aluno, independentemente da natureza das faltas, atinja um número total de faltas correspondente a três semanas no 1.º ciclo do ensino básico, ou ao triplo de tempos lectivos semanais, por disciplina, nos 2.º e 3.º ciclos no ensino básico, no ensino secundário e no ensino recorrente, ou, tratando -se, exclusivamente, de faltas injustificadas, duas semanas no 1.º ciclo do ensino básico ou o dobro de tempos lectivos semanais, por disciplina, nos restantes ciclos e níveis de ensino, deve realizar, logo que avaliados os efeitos da aplicação das medidas correctivas referidas no número anterior, uma prova de recuperação, na disciplina ou disciplinas em que ultrapassou aquele limite, competindo ao conselho pedagógico fixar os termos dessa realização.
3 — Quando o aluno não obtém aprovação na prova referida no número anterior, o conselho de turma pondera a justificação ou injustificação das faltas dadas, o período lectivo e o momento em que a realização da prova ocorreu e, sendo o caso, os resultados obtidos nas restantes disciplinas, podendo determinar:
a) O cumprimento de um plano de acompanhamento especial e a consequente realização de uma nova prova;
b) A retenção do aluno inserido no âmbito da escolaridade obrigatória ou a frequentar o ensino básico, a qual consiste na sua manutenção, no ano lectivo seguinte, no mesmo ano de escolaridade que frequenta;
c) A exclusão do aluno que se encontre fora da escolaridade obrigatória, a qual consiste na impossibilidade de esse aluno frequentar, até ao final do ano lectivo em curso, a disciplina ou disciplinas em relação às quais não obteve aprovação na referida prova.
4 — Com a aprovação do aluno na prova prevista no n.º 2 ou naquela a que se refere a alínea a) do n.º 3, o mesmo retoma o seu percurso escolar normal, sem prejuízo do que vier a ser decidido pela escola, em termos estritamente administrativos, relativamente ao número de faltas consideradas injustificadas.
5 — A não comparência do aluno à realização da prova de recuperação prevista no n.º 2 ou àquela a que se refere a sua alínea a) do n.º 3, quando não justificada através da forma prevista do n.º 4 do artigo 19.º, determina a sua retenção ou exclusão, nos termos e para os efeitos constantes nas alíneas b) ou c) do n.º 3.

  Lei n.º 3/2008
de 18 de Janeiro que aprova o estatuto do aluno

 

 

Desde quando uma prova de recuperação penaliza um aluno? Será difícil perceber que o que quer dizer independentemente da natureza das faltas é que tanto o aluno que falta para ficar no café, como o que falta por doença perdem conteúdos e, por essa razão, necessitam de ser recuperados? A diferença, a grande diferença é que o que falta para ficar no café se reprovar nessa prova pode ficar retido se o conselho de turma, depois de analisada a situação, assim o entender( b) A retenção do aluno inserido no âmbito da escolaridade obrigatória ou a frequentar o ensino básico, a qual consiste na sua manutenção, no ano lectivo seguinte, no mesmo ano de escolaridade que frequenta;
c) A exclusão do aluno que se encontre fora da escolaridade obrigatória, a qual consiste na impossibilidade de esse aluno frequentar, até ao final do ano lectivo em curso, a disciplina ou disciplinas em relação às quais não obteve aprovação na referida prova
) e ao que falta por doença, se reprovar nessa prova, deverá o professor elaborar um plano que conduza à sua recuperação (a) O cumprimento de um plano de acompanhamento especial e a consequente realização de uma nova prova).

 

sinto-me:

publicado por lindjona às 00:02

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Domingo, 16 de Novembro de 2008

...

A minha interpretação do estatuto do aluno sempre foi esta. Serei super, mega inteligente?

sinto-me:

publicado por lindjona às 23:16

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Mais textos sobre a educação

Os comunas comem professores ao pequeno-almoço in Aspirina B 

 

10 teses sobre a crise da avaliação docente in Máquina especulativa

 

 A má educação in Defender o quadrado

 

Diálogos absurdos in Hoje há conquilhas


publicado por lindjona às 14:15

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Sábado, 15 de Novembro de 2008

Pra desanuviar...............

sinto-me:

publicado por lindjona às 22:39

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre a ritinha

.birrinhas antigas

. Junho 2017

. Maio 2017

. Dezembro 2016

. Janeiro 2016

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Fevereiro 2015

. Outubro 2014

. Janeiro 2014

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Fevereiro 2006

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Dezembro 2004

. Outubro 2004

.pesquisar

 

.tags

. todas as tags

.links

Put a Pin on the Map View my Guestmap
Free Guestmaps by Bravenet.com