O blogue das birrinhas da Ritinha. Umas melhores, outras piores. Como tudo na vida.

.birrinhas recentes

. ...

. O humanista que não o é t...

. ...

. ...

. Absolute beginner

. Sopas decide morrer

. Do jornalismo de Merda

. ...

. ...

. Carta aberta a um dux

. ...

. ...

. ...

. Vou ali dar um swap....

. ...

. ...

. ...

. Quando o nosso maior inim...

. De bestas a bestiais ou d...

. ....e porque ontem foi di...

. ...

. ...

. ...

. ...

. Desabafos de fim de tarde

.favorito

. Ontem foi dia de sentir, ...

.Junho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


blogs SAPO

.subscrever feeds

Sexta-feira, 28 de Dezembro de 2007

Perfeito, perfeito é ter a Al-Qaeda como bode expiatório......

Benazir Bhutto representava a democratização laica no Paquistão. Representava a alternativa democrática do combate ao terrorismo, uma vez que a luta através da força do exército de Musharraf não está a resultar. Representava a esperança da maioria do seu povo, maioritariamente laico.

 

E foi assassinada a poucos dias de chegar ao poder (novamente).

A partir de agora está lançado o  caos no país, que corre sérios riscos de se envolver numa guerra civil.

 

A quem convém esta situação caótica, este barril de pólvora?

 

A análise mais politicamente correcta dirá que ao terrorismo, mais precisamente a essa éterea entidade  liderada por um homem que ninguém vê a não ser em gravações feitas em cavernas húmidas, tendo por pano de fundo um cenário de armas: a Al-Qaeda, a entidade; Bin Laden, o homem. A mesma análise dirá que não interessa ao terrorismo a democratização do Paquistão com o apoio do ocidente, liderado pelos EUA. Não interessava, portanto, ao terrorismo que Benazir Bhutto chegasse ao poder e tentasse, mais uma vez, instalar uma democracia com o apoio do ocidente. Não interessava ao terrorismo que Benazir Bhutto tentasse resolver o problema do.....terrorismo de uma forma diferente daquela que o actual presidente, Pervez Musharraf,  utiliza. Benazir Bhutto era um problema. E por isso a solução só poderia ser esta: eliminar o problema.

 

A outra análise (menos politicamente correcta) dirá que este pseudo apoio do ocidente, com os EUA à cabeça, nunca teve, tem ou irá ter como objectivo a democratização do Paquistão. Pretende, isso sim, manter o caos e a desordem, deixando o poder nas mãos de um militar fantoche que faz e diz o que lhe mandam. Pretende, isso sim, elevar o grau de desordem e violência a tal nível que o país se veja à beira da pulverização. E nessa altura só resta uma coisa a fazer: o ocidente, sempre com os EUA à cabeça, ver-se-á na obrigação de "ajudar" de forma mais directa o pobre Paquistão desintegrado.

Afinal já não seria a primeira vez que isto acontecia. 

 

 

Benazir Bhutto foi assassinada na quinta-feira.

Por coincidência tinha visto, no dia anterior , o filme Siryana (sobre os meandros complexos que rodeiam a corrida pelo petróleo). Syriana é um balde de água fria para aqueles que ainda acreditam no papel humanitário-democratizador dos EUA no Médio Oriente. O filme mostra com clareza que quando os interesses económicos norte-americanos se encontram ameaçados, estes se transformam nos maiores algozes da ideologia que tanto professam.  O que pensar de um país que prega a democracia e as suas instituições quando, frente à escolha entre apoiar um herdeiro árabe com ideias progressivas (parlamento, sufrágio feminino, etc) ou o seu irmão corrupto e portanto facilmente manipulável, escolhe precisamente este último e assassina o primeiro?

 

 

Ou seja, a extrema dependência americana do petróleo do Médio Oriente não só justifica todo o tipo de acções, como também condiciona a sua política externa. Com efeito, Syriana é um termo usado em Washington para descrever um Médio Oriente reformulado e reestruturado segundo a ideologia ocidental.

 

Porquê esta associação de ideias?

Vejam o filime.

sinto-me: zangada

publicado por lindjona às 22:18

link do post | comentar | favorito

.mais sobre a ritinha

.birrinhas antigas

. Junho 2017

. Maio 2017

. Dezembro 2016

. Janeiro 2016

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Fevereiro 2015

. Outubro 2014

. Janeiro 2014

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Fevereiro 2006

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Dezembro 2004

. Outubro 2004

.pesquisar

 

.tags

. todas as tags

.links